top of page

O QUE É MUDANÇA POSITIVA E QUANDO A USAR.



Uma importante empresa brasileira estava passando por um grande desafio, a legislação havia mudado, e agora seu maior comprador que era o governo federal, deixaria de sê-lo.

Seu principal produto, deixou de uma hora para outra de ser demandado.

A moral dentro dessa empresa estava horrível, e a falência parecia ser o destino.

Mas então algo foi feito, pessoas se reuniram, ideias apareceram, o grupo se uniu numa única direção e soluções antes inimagináveis surgiram. A empresa se reestruturou, mudou seu mercado e não só sobreviveu, mas também prosperou.

Estamos falando da Nutrimental, que antes fornecia alimentos secos para o governo federal redistribui-los principalmente em escolas e hospitais, isso mudou e os governos locais passaram a utilizar comida fresca produzidas regionalmente. A Nutrimental focou no mercado privado e em demandas especiais e encontrou seu novo caminho.

Essa mudança tão importante surgiu de dentro e a partir das melhores experiências que os colaboradores, clientes e fornecedores puderam propor.

A mudança positiva é uma abordagem que alavanca o melhor de grupos amplos com interesses comuns.

Num processo que se inicia pela definição das expectativas e dos stakeholders e prosseguem pelo direcionamento, sempre focado mais num novo futuro do que em solucionar um problema.

Por exemplo, no caso da Nutrimental o foco não foi trazer o governo federal de volta, mas sim encontrar novos caminhos.

Essa abordagem é muito adequada para casos como esses, onde o foco é mais um novo futuro que um conserto. Mas principalmente quando é necessário trazer energia e participação de um grupo amplo para essa mudança.

Você gostaria de participar de uma live gratuita de uma hora com mais detalhes e cases?


Deixe seu contato neste link para ser convidado: https://forms.gle/qerP5tAp8msGbg8x9

12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page