top of page

Investir em bem-estar é um bom negócio, até para as empresas.


Que o bem-estar do indivíduo é benéfico, não existem dúvidas, os ganhos vão de longevidade saudável a qualidade de relacionamentos e para as empresas será que isso vale a pena?


Elas deveriam investir no bem-estar dos seus colaboradores?


Como quase tudo na vida, depende...


Pesquisas feitas por vários institutos e empresas sendo; Gallup, PwC (antiga PricewaterhouseCoopers) e World Economic Forum os mais famosos, indicam que existem claros benefícios, conforme lista abaixo:


· 5X mais criatividade e inovação

· 10% mais de avaliações positivas de clientes


Então, do ponto de vista quantitativo, irá valer a pena quando um mais desses itens forem significativamente importantes para a empresa versus os custos para mudar a situação.

Por exemplo, imaginemos que na sua empresa o turnover na sua empresa, seja importante e cause perda (recontratações, treinamentos, menor produtividade e qualidade) da ordem de R$ 200.000 por ano.


Considerando o pior número sobre turnover das pesquisas acima (24%), valerá investir em bem-estar se esse investimento for menor que R$ 48.000 (ganho de 24% sobre R$ 200.000).

Isso sem considerar benefícios em outras áreas como aumento da criatividade e inovação, nem benefícios qualitativos como melhor atratividade, portanto, melhoria na qualidade do nível dos colaboradores.


Espero que com as indicações acima, você consiga avaliar os ganhos e a margem de investimentos que você deveria considerar para que seu projeto em Felicidade seja viável economicamente.

Quer saber mais, participe do workshop:


Felicidade nas Empresas – Como criar um ambiente de trabalho que traga o melhor das pessoas




Ou você pode entrar em contato, deixando sua pergunta aqui ou enviando e-mail para contato@leren.com.br

8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page